24 de Novembro de 2020

Marketing Sensorial

 Marketing Sensorial: o que é e como aplicar no seu supermercado?

Se você possui um supermercado sabe que é necessário ter vários cuidados para administrá-lo. Mas além disso, as estratégias de marketing são essenciais para continuar alcançando novos clientes e aumentar as vendas. Ed entre as estratégias que você pode aplicar no seu negócio, uma delas é o marketing sensorial.

O marketing sensorial atua na exploração dos sentidos humanos, aumentando as possibilidades de fechar um negócio e gerar resultados positivos.

Ao longo do processo de compra, até o momento da decisão, o cliente visualiza o produto de várias formas, e até mesmo de formas mais complexas, indo além da visualização do produto em exposição em uma prateleira.

Por isso, saber desenvolver estratégias de marketing sensorial é fundamental para o seu supermercado e nesse artigo, iremos explicar com mais detalhes o que é e como você pode aplicar no seu negócio. Continue lendo!

O que é Marketing Sensorial?

O marketing sensorial é uma das principais estratégias de marketing, e seu principal objetivo é estimular todos os 5 sentidos do corpo, que são: tato, paladar, olfato, audição e visão.

Assim, cada um deles faz sua contribuição para conseguir criar uma atmosfera adequada e que seja favorável para as vendas, de forma a desenvolver um funil de opções, de acordo com os gostos que mais forem atraentes aos sentidos.

Dos cinco sentidos, pelo menos dois deles não são relacionados diretamente ao negócio da Zuppani, que são o paladar e a audição.

Já que o uso de jingles para a venda de um determinado produto não é a melhor estratégia, o interessante para os produtos de supermercado é despertar a necessidade da compra, a partir de estímulos que transmitam a sensação de bem estar.

Também é possível trabalhar de forma conjunta, com todos os sentidos em harmonia, para alcançar o objetivo central que é a compra do produto por parte do cliente.

O cliente pode achar que não estar precisando de um determinado produto, como um Limpador Perfumado Zuppani, mas ao sentir o seu delicado perfume, pode imaginar a sua casa com aquele cheirinho delicioso, e entender que aquele produto é necessário naquele momento.

E isso pode acontecer com outros produtos, a partir do despertar de um dos sentidos.

Quais são as vantagens do marketing sensorial?

Existem diversos benefícios do uso do marketing sensorial, como:

     criação de vínculo emocional com os clientes;
     exploração dos produtos além da forma básica e tradicional;
     estimulação do desejo de adquirir um produto, sem que seja necessário indicar de forma direta os produtos ao cliente
     fidelização dos clientes;
     encantar os clientes com a qualidade dos produtos Zuppani;
     desenvolvimento de uma identidade única e inovadora.

Além disso, podemos citar que o marketing sensorial é uma forma de “pensar fora da caixa”, saindo da zona de conforto das estratégias tradicionais de marketing.

Os consumidores já estão cansados do mesmo tipo de mídia, com emissoras de televisão anunciando os produtos com propagandas de alto custo, e que, atualmente, não estão tendo um resultado tão expressivo quanto às formas de marketing não convencional, como o marketing sensorial.

Com os benefícios oriundos da transformação digital, houve um aumento na competitividade mercadológica, onde as empresas precisam buscar novas estratégias para conseguir atrair e reter esses clientes.

Dessa forma, conquistar a confiança dos consumidores na era da informação tornou-se apenas um dos desafios. E conseguir fornecer experiências únicas para esses consumidores garante uma posição de destaque e relevância para as marcas que conseguem exercer esse papel com maestria e excelência.

Isso vai muito além do que apresentar um produto listando os seus benefícios, é promover uma compreensão do cliente sem que a marca precise verbalizar uma única palavra.

O estímulo de sensações que são proporcionadas por lembranças de aconchego, positividade e bem-estar são únicas e criam vínculos importantes entre a marca e o consumidor.

Além disso, promove a criação de ambientes e de situações que são mais propícias para que os clientes possam se lembrar da marca em qualquer lugar. Isso é possível a partir daquele perfume, que lembra o produto, ou na visitação de locais que tenham algum tipo de semelhança visual ou com a estratégia da marca.

Mesmo sendo uma ferramenta importante para criação de estratégias, o marketing sensorial deve ser planejado, com ações consistentes, para que seja bem implementado, gerando bons resultados para a empresa.

Como aplicar o marketing sensorial em supermercados?

Para conseguir aplicar o marketing sensorial em supermercados, é importante seguir os seguintes pilares:

  1. Valores da marca.
  2. Mix de produtos.
  3. Gosto dos seus clientes.

Os valores da marca precisam ser trabalhados com várias ações, de forma que o cliente consiga sentir o que a marca tem a passar.

Independente do sentido que foi aguçado, o consumidor precisa sentir a sua marca. Por isso, é importante que alguns dos sentidos sejam estimulados na tomada de decisão de compra dos produtos por parte do cliente.

Além disso o cliente, quando está buscando por um determinado produto,  também está buscando por experiências positivas, e o marketing sensorial busca o despertar dos sentidos, para transmitir o conforto necessário ao sentir um perfume ou ouvir uma música, por exemplo.

E no momento da decisão da compra, ele lembra os motivos pelo qual ele optou pela marca, como a qualidade, confiança, segurança, entre outros.

Importância da música no pilar de mix de produtos

Já no pilar de mix de produtos e gosto dos consumidores, são formatos que limitam um pouco mais as estratégias de marketing sensorial que podem ser aplicadas.

 Quando uma empresa possui uma grande variedade de produtos, é necessária a adoção de uma estratégia que seja universal, que consiga conversar bem com todos os itens e clientes. E uma boa ideia, é o uso de música nos ambientes!

A música consegue atrair a atenção dos clientes, confortar e ao mesmo tempo envolvê-los dentro da loja. E não pense que é apenas uma forma de deixar o ambiente mais agradável,  é também uma forma de despertar a criatividade e fazer com que o consumidor lembre-se de laços afetivos.

No entanto, a música, para remeter à diversas sensações, deve ser escolhida com cuidado, e esse processo não é tão simples quanto aparenta. São inúmeros fatores que devem ser levados em consideração, como:

     persona;
     mensagem que será transmitida;
     sensações;
     objetivos.

Todos os pontos devem ser levados em consideração, para que o objetivo seja alcançado com sucesso e o cliente adquira o produto.

 Agora que você já sabe o que é Marketing Sensorial, confira o nosso artigo sobre: como limpar sua geladeira corretamente!

 

Newsletter

Cadastre seu e-mail e receba promoções exclusivas.